Roteiro Bento Gonçalves – dia 4

O último dia da viagem reservou uma surpresa maravilhosa na região de Pinto Bandeira, que foi a Vinícola Geisse. Além disso, visitamos a Casa das Cucas e a Casa da Erva Matte, ambas nos Caminhos de Pedra que fomos também no dia 2.

Vinícola Geisse

A Vinícola Geisse foi fundada por Mario Geisse, chileno que veio ao Brasil para implantar a Chandon por aqui. A vinícola produz somente espumantes (aqui no Brasil, porque no Chile são produzidos os tintos), e inclusive um deles, o Cave Geisse, é considerado o melhor espumante do país! Ela não fica em Bento Gonçalves, mas sim em Pinto Bandeira que é pertinho.

Quando chegamos já nos deparamos com esse lugar maravilhoso, com um jardim e um open lounge, onde podemos sentar na grama e aproveitar os espumantes e algumas comidinhas.

A visita com degustação deve ser agendada e o preço depende dos produtos a serem degustados – são 3 opções, e com uma parte revertida em compras. Eles têm também um passeio por toda a vinícola em um 4×4 incluindo os vinhedos, a Geisse Experience. Ficamos com a visitação menor com degustação, depois fomos no open lounge e comemos essas empanadas deliciosas acompanhadas de um Cave Amadeu Rosé!

A post shared by Helena Mattos (@helenamattos) on

Visitar a Geisse é uma experiência incrível e ficamos apaixonados! Super recomendo! Ah, no final da visita levamos o Cave Geisse Rosé Brüt.

Endereço: Linha Jansen, s/n, Pinto Bandeira

Vinícola Valmarino

Depois da Geisse fomos na Valmarino, que também é em Pinto Bandeira. Ela é uma vinícola mais familiar, fundada por um membro da família Salton, e de produção reduzida. Lá fizemos a degustação de vários rótulos, e no final levamos o Sangiovese, vinho muito agradável ao paladar.

Endereço: Linha Jacinto Sul, s/n (1,5 Km da Igreja Matriz Nossa Senhora de Pompéia), Pinto Bandeira

Casa da Erva Mate

Localizada nos Caminhos de Pedra, a Casa da Erva Mate demonstra o processo artesanal de produção da erva mate, largamente consumida no sul do Brasil. A taxa de visitação é de 5 reais, e é uma visita interessante, mas curta – acho que não voltaria lá. O legal é ver a loja, que fica do lado oposto da estrada, com as ervas e várias lembrancinhas.

Endereço: Santo Antônio – Distrito de São Pedro, Bento Gonçalves

Casa das Cucas Vitiaceri

Finalizando a viagem da melhor forma – com bolo é claro – fomos à Casa das Cucas Vitiaceri, que fica em frente à Casa da Erva Mate. As cucas são aqueles bolos com um farelinho em cima, que ddá vontade de comer até o último pedaço. Comemos cuca de banana acompanhada de um café, e ainda levamos uma pra viagem. Devíamos ter levado mais, de tão boa que é!

Final

Depois seguimos para o aeroporto em Porto Alegre e até pegamos um pouco de trânsito no caminho. Minha dica é voltar ao aeroporto com antecedência, porque domingo é dia de trânsito em qualquer lugar, ainda mais em volta de feriado!

Esse foi o roteiro que fizemos em Bento Gonçalves. Espero que tenham gostado das dicas de lugares e vinhos! A região ainda tem muito mais coisas pra conhecer, já ficamos com vontade de voltar.

 

Se você não leu os dias 1, 2 e 3, é só clicar nos números que já estão com os links.

Se quer mais dicas de lugares na região da Serra Gaúcha (Gramado, Canela, Bento Gonçalves, Cambará do Sul), só clicar aí que tem um diário de viagem completo com 7 dias que fizemos em 2016.