Dica: La Quiche bistrot

Adoro conhecer lugares novos em São Paulo, e num final de semana tive um aniversário no bistrot La Quiche.

O menu do La Quiche é variado, mas eu não podia deixar de experimentar a quiche e pedi uma de alho-poró. É uma quiche um tanto pequena, mas deliciosa, que vem acompanhada de salada. Fiquei bem satisfeita! Em compensação, meu noivo pediu um hambúrguer que veio enorme – e segundo ele bem gostoso – acompanhado de batatas.

É um lugar muito charmoso, fofo e com comida gostosa, perfeito pra um almoço. A parte externa é a mais agradável com todos esses guarda-chuvas pendurados! Super recomendo!

Onde

La Quiche Pinheiros
Rua Artur de Azevedo, 657 – Pinheiros, São Paulo – SP

Veloso Bar em São Paulo: o bar das coxinhas

Veloso Bar é um bar em Vila Mariana, um bairro bem legal da zona sul de SP. Desde que me mudei pra São Paulo, reparei que o povo aqui adora uma coxinha, e um dos lugares mais famosos pra comê-la é lá. Dizem que é a melhor de SP!

O fato é que as coxinhas realmente são muito gostosas. Pedimos a porção com 6, comemos tudo e ainda pedimos mais uma! Elas são grandes, crocantes, sequinhas e o recheio  de frango com catupiry é delicioso. Não são aquelas coxinhas massudas sabe? Aprovadíssimo!

Preço

Porém, contudo, todavia, achamos os preços meio salgados: o chopp R$ 7,80 e a porção de coxinha com 6 é R$ 30,00. Mas vale a pena pra conhecer! Dizem que as caipirinhas são mara e a de jabuticaba é a melhor. Já quero provar!

Bem cheio

Como o Veloso é um lugar muito conhecido, fica LOTADO. De terça a sexta ele abre às 17h30 e tem dia que já abre com fila na porta. Minha dica é chegar cedo! Fomos numa terça e estava bem cheio, mas felizmente conseguimos uma mesa (depois de esperar um tempo em uma mesa em pé).

Onde fica

Rua Conceição Veloso, 54, Vila Mariana. Mais informações no site!

Enfim, acho que vale super a pena conhecer o Veloso Bar, as coxinhas são deliciosas mesmo! Recomendo!

Café La Guapa em São Paulo

No último feriado aproveitamos para passear por São Paulo e conseguimos ir em um lugar que eu queria muito conhecer: o café da Paola Carosella, jurada do Masterchef.

Ele se chama La Guapa, e um dos endereços é dentro da Livraria da Vila nos Jardins. Só a livraria já é uma delícia, com o café então fica perfeito. Ele tem uma decoração super simples, mas bem pensada. Tem vários objetos de ágata, que dão um charme provinciano ao lugar. É super agradável!

O café La Guapa é famoso por suas empanadas, tipo um pastel de forno – mas bem mais gostoso. Achei o preço ok, cada empanada é vendida a R$7,50. Comi a Porteña, com 3 queijos, tomates assados e manjericão. Ai, que delícia! Consigo até sentir o gosto haha. Fiquei doida pra provar os alfajores, acho que vou ter que passar por lá de novo!

Se você quiser mais informações, é só acessar o site! Recomendo!

Endereços:

Alameda Lorena, 1731 – Jardins

Rua Bandeira Paulista, 446 – Itaim

Rua dos Pinheiros, 248B – Pinheiros

Receita: Torta de Limão!

Uma das coisas que mais amo fazer na vida é comer. Sou louca por chocolate, mas na hora das tortas sempre prefiro a de limão. O azedinho com o doce, a casquinha crocante e o suspiro por cima são uma combinação perfeita! Por isso hoje trouxe uma receita facílima e deliciosa.

Ingredientes da massa:

1 pacote de biscoito maisena.

100g de manteiga sem sal.

Modo de preparo:

Bater tudo no processador (eu não tenho processador, então bato o biscoito no liquidificador e depois junto a manteiga com as mãos mesmo). Colocar a massa na fôrma, formando uma camada no fundo e laterais para receber o creme.

Ingredientes do creme:

7 colheres de sopa de suco de limão (mais ou menos 2 limões)

1 lata de leite condensado

Modo de preparo:

Bater no liquidificador e colocar por cima da massa na fôrma.

Ingredientes do merengue:

3 claras

9 colheres de sopa de açúcar refinado

Modo de preparo:

Bater na batedeira até dar ponto de merengue (quando você pára de bater, o merengue não cai do batedor da batedeira e faz um biquinho). Colocar o merengue por cima do creme. Assar no forno baixo (120 graus) até o merengue crescer. Se seu forno é como o meu e o mínimo é 180º, coloque uma colher de pau na porta do forno pro calor sair um pouco. Assim o merengue não murcha depois que a torta esfria. No final gosto de ralar um pouquinho da casca do limão por cima do suspiro pra dar um charme.

E é isso! Essa receita de torta de limão é da minha mãe e sempre fica deliciosa. Espero que aproveitem!

Beijos, Helena.