Café La Guapa em São Paulo

No último feriado aproveitamos para passear por São Paulo e conseguimos ir em um lugar que eu queria muito conhecer: o café da Paola Carosella, jurada do Masterchef.

Ele se chama La Guapa, e um dos endereços é dentro da Livraria da Vila nos Jardins. Só a livraria já é uma delícia, com o café então fica perfeito. Ele tem uma decoração super simples, mas bem pensada. Tem vários objetos de ágata, que dão um charme provinciano ao lugar. É super agradável!

O café La Guapa é famoso por suas empanadas, tipo um pastel de forno – mas bem mais gostoso. Achei o preço ok, cada empanada é vendida a R$7,50. Comi a Porteña, com 3 queijos, tomates assados e manjericão. Ai, que delícia! Consigo até sentir o gosto haha. Fiquei doida pra provar os alfajores, acho que vou ter que passar por lá de novo!

Se você quiser mais informações, é só acessar o site! Recomendo!

Endereços:

Alameda Lorena, 1731 – Jardins

Rua Bandeira Paulista, 446 – Itaim

Rua dos Pinheiros, 248B – Pinheiros

Receita: Torta de Limão!

Uma das coisas que mais amo fazer na vida é comer. Sou louca por chocolate, mas na hora das tortas sempre prefiro a de limão. O azedinho com o doce, a casquinha crocante e o suspiro por cima são uma combinação perfeita! Por isso hoje trouxe uma receita facílima e deliciosa.

Ingredientes da massa:

1 pacote de biscoito maisena.

100g de manteiga sem sal.

Modo de preparo:

Bater tudo no processador (eu não tenho processador, então bato o biscoito no liquidificador e depois junto a manteiga com as mãos mesmo). Colocar a massa na fôrma, formando uma camada no fundo e laterais para receber o creme.

Ingredientes do creme:

7 colheres de sopa de suco de limão (mais ou menos 2 limões)

1 lata de leite condensado

Modo de preparo:

Bater no liquidificador e colocar por cima da massa na fôrma.

Ingredientes do merengue:

3 claras

9 colheres de sopa de açúcar refinado

Modo de preparo:

Bater na batedeira até dar ponto de merengue (quando você pára de bater, o merengue não cai do batedor da batedeira e faz um biquinho). Colocar o merengue por cima do creme. Assar no forno baixo (120 graus) até o merengue crescer. Se seu forno é como o meu e o mínimo é 180º, coloque uma colher de pau na porta do forno pro calor sair um pouco. Assim o merengue não murcha depois que a torta esfria. No final gosto de ralar um pouquinho da casca do limão por cima do suspiro pra dar um charme.

E é isso! Essa receita de torta de limão é da minha mãe e sempre fica deliciosa. Espero que aproveitem!

Beijos, Helena.

Restaurante All Mirante Ilhabela

O restaurante All Mirante em Ilhabela é um lugar que vai ficar pra sempre marcado na minha memória por ser o lugar onde fui pedida em casamento pelo meu amor. <3

Ele fica mais para o sul da ilha e tem uma vista incrível para o mar. São vários ambientes: uma varanda coberta e um salão fechado no andar de cima, e um salão maior no andar de baixo. Ficamos na varanda de cima, que tem poucas mesas.

A decoração é linda, no estilo rústico. O único ponto negativo é que não tem ar condicionado, mas os atendentes colocaram o ventilador virado pra gente e ficou tudo bem.

Cardápio

O cardápio do All Mirante é basicamente composto por peixes e frutos do mar. Comemos um robalo com legumes e risoto de frutos do mar. Uma delícia! Os pratos têm um preço elevado, a partir de 70 reais cada.

A sobremesa foi uma torta de chocolate com caramelo e sorvete de gengibre com hortelã! Os sabores casaram muito bem, mas acho que a torta poderia estar menos gelada e mais cremosa.

All Mirante é realmente um restaurante para um momento especial!

Crítica: “Chef”

Ando numa vibe gastronômica, então tava procurando filmes sobre comida no Netflix. Entre várias indicações na internet achei o filme Chef (2014), dirigido e protagonizado por Jon Favreau (diretor da sequência Homem de Ferro, entre outros).

Chef é um filme de baixo orçamento, independente, mas com elenco de peso – Dustin Hoffman, Sofia Vergara, Scarlett Johansson e Robert Downey Jr. fazem parte dele. No entanto, quem rouba a cena é John Leguizamo na pele de Martin, o fiel assistente de Carl (não fez isso à toa, o cara dublou o Sid de A Era do Gelo – um dos meus personagens preferidos ever!).

No filme, Jon vive o chef Carl Casper, que após se demitir do restaurante onde trabalhava, compra um food truck para voltar às origens criativas da sua culinária. Ao mesmo tempo, Carl entra em uma jornada para recuperar o contato com seu filho – ele é divorciado e não passa muito tempo com o garoto.

Confesso que fiquei esperando mais coisas acontecerem – tem até um conflito com um crítico gastronômico, mas eu esperava mais ação, sei lá. Por outro lado, o filme tem várias mensagens legais, como a importância da família, além de uma pegada bem atual com a presença do Twitter.

No fim das contas, Chef é uma gracinha de filme, super leve, com várias sequências ótimas de comidas que te deixam com água na boca (tô doida pra provar esse sanduíche cubano haha), momentos engraçados e momentos fofos.