Les Misérables: o musical

Les Misérables é uma obra criada pelo escritor francês Victor Hugo em 1862. Ela conta a história de Jean Valjean, um ex-prisioneiro que é perseguido por anos pelo policial Javert por ter violado sua liberdade condicional. Em busca de redenção, ele procura ajudar os menos favorecidos e adota Cosette, filha da prostituta Fantine.

Entre tantas adaptações para o cinema (a última delas em 2012 com Hugh Jackman como Valjean), surgiu em 1980 o primeiro musical Les Misérables em Paris. Em 1987 ele estreou na Broadway com músicas em inglês e é um sucesso absoluto. Agora em 2017 o musical estreou em São Paulo sua nova remontagem (a primeira tinha sido em 2001), com músicas em português.

Fui assistir na semana passada e não podia ter amado mais. A primeira música já é super emocionanete, de arrepiar. E continuei me arrepiando durante todo o musical.

A post shared by Helena Mattos (@helenamattos) on

Fiquei realmente impressionada com a versão brasileira de Les Misérables. Os atores são ótimos e cantam muito! É bom ver que tem muitos atores brasileiros se especializando em musicais, e que o gênero está cada vez mais consolidado por aqui.

Fiquei muito impressionada também com o cenário e os figurinos. Como sempre assisti a apresentações de ballet, estou acostumada a cenários e figurinos ricos. No musical não poderia ser diferente. Tem cidade, tem barricada, tem casa. Tudo incrível! Sem falar que as músicas são maravilhosas, me emocionei muito. (Dica: no Spotify tem um monte de playlists com várias gravações diferentes pra ouvir!)

Os ingressos estão à venda no Tickets For Fun, que tem uma promoção de meia entrada toda quinta-feira.

Se você tiver a oportunidade de vir a SP e assistir ao musical Les Misérables tenha certeza de que vai valer a pena!

The Art of the Brick: Exposição de esculturas de LEGO!

O artista Nathan Sawaya exibe suas esculturas feitas com peças de Lego na Oca, no Parque Ibirapuera. Fui conferir a exposição The Art of the Brick no fim de semana passado e fiquei encantada! As esculturas são impressionantes, e ainda tem algumas telas em duas dimensões, mas também feitas de Lego.

Nathan Sawaya era advogado, mas se cansou da vida burocrática e resolveu fazer o que mais gostava: montar peças de Lego. Ele foi o primeiro artista a fazer isso, e é super renomado no mundo da arte contemporânea.

the-art-of-the-brick-9

the-art-of-the-brick-5

the-art-of-the-brick-7
Além de esculturas autorais, ele fez réplicas de obras clássicas como a Vênus de Milo, Monalisa, David de Michelângelo, etc. E tudo em Lego! Muito incrível!

the-art-of-the-brick-12

O ingresso da exposição custa R$20, com meia entrada a R$10. A exposição vai até dia 30 de outubro em São Paulo, e depois segue para o Rio, no Museu Histórico Nacional, entre 16 de novembro e 15 de janeiro. Pra quem está em SP ainda dá tempo de ir, e quem está no Rio vai ter bastante tempo!

Exposição “Frida Kahlo – Suas Fotos” no MIS – SP

São Paulo não tem praia, mas tem uma super vida cultural. Domingo fomos ao MIS (Museu da Imagem e do Som) encontrar uma prima e seus pimpolhos – o museu tava oferencendo atividades da Vila Sésamo gratuitamente pras crianças – e aproveitamos pra conferir a exposição Frida Kahlo – Suas Fotos. A exposição reúne fotos do arquivo pessoal da artista mexicana, e fica no MIS até novembro de 2016. Além das fotos, a exposição tinha várias referências cenográficas da vida de Frida, bem interessantes!

img_5513

img_5514

img_5516

O Museu

O MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo fica localizado na Av. Europa, 158 – Jardim Europa. Lá tem um estacionamento, que é pago, mas é fácil estacionar nas ruas de trás. Mais informações no site do museu.

O MIS sempre tem exposições e mostras legais, sessões de cinema, cursos, etc. E foi lar da exposição O Mundo de Tim Burton, no início desse ano. Queria tanto ter ido!

Bom, pra quem quiser conferir a exposição das fotos de Frida, tá aí a dica.

Beijos, Helena.

Domingo no MAR – Museu de Arte do Rio

Adoro passeios culturais, e essa é uma ótima dica pra quem curte arte!

Neste último domingo do mês, 25 de setembro, o Museu de Arte do Rio (MAR) abre as suas portas para o público de forma gratuita. Os visitantes poderão ter a oportunidade de ver de perto a exposição “A Cor do Brasil”, que traça a trajetória da arte brasileira desde o período colonial até o século 21. São mais de 300 obras expostas no museu e o grande destaque é a obra “Abaporu” (1928), de Tarsila do Amaral.

abaporu

Tem também duas outras exposições pra ver: “Leopoldina, princesa da Independência, das artes e das ciências” e “Linguagens do corpo carioca [a vertigem do Rio]”, que reúne 800 obras de variados artistas que retrataram a essência da alma carioca.

Bem que eu gostaria de estar no Rio pra poder ir. Ainda não conheço o MAR, acho o projeto do prédio lindo e super interessante. Fica aí a dica pro final de semana.

Beijos, Helena.