Crítica: “A Bela e a Fera”

Depois de muita ansiedade pra ver o novo live action de princesas da Disney, finalmente chegou o dia de ir ao cinema pra ver A Bela e a Fera.

Emma Watson vive Bela, Dan Stevens é a Fera, Luke Evans é Gaston. Além disso, tem Ewan McGregor como Lumière, Ian McKellen como Horloge e Emma Thompson como Madame Samovar – que elenco de peso! Gostei muito das interpretações dos atores, que aceitaram o desafio de recriar um filme tão querido pelo público. Não preciso nem dizer que Emma tá maravilhosa né – e canta!

O roteiro é basicamente o mesmo do desenho: Bela acaba prisioneira no castelo da Fera em troca da liberdade de seu pai, que tinha sido preso por pegar uma rosa do jardim. Durante esse período, ela e a Fera se aproximam e se apaixonam. Gostei que tem mais sequências mostrando a aproximação dos dois do que no desenho.

Como o que aconteceu com Cinderela, o live action de A Bela e a Fera é bem parecido com a animação. Tem as mesmas músicas, com a adição de umas duas ou três para explicar algumas coisas que foram adicionadas ao roteiro, e até algumas falas são iguais.

Os efeitos especiais são bem feitos – se não fossem ia ser bem ruim, já que metade do elenco é animado. E os figurinos são incríveis – teve post sobre o vestido da Bela aqui. Acho que fiquei mais encantada com o visual do filme do que com a história em si.

Enfim, A Bela e a Fera é maravilhoso e já quero ver de novo pra prestar mais atenção nos detalhes porque a primeira vez foi muita emoção!

Se quiser ver o trailer, tem nesse post aqui.

O vestido amarelo da Bela em “A Bela e a Fera”!

Os figurinos são pra mim uma das partes mais encantadoras de um filme, ainda mais das princesas da Disney! Já falei sobre o vestido de noiva da Cinderela quando o live action foi lançado, e hoje trago algumas curiosidades sobre o vestido da Bela.

O vestido amarelo de baile da Bela na animação é um dos figurinos mais icônicos da Disney. Pra trazer essa peça pra versão live action, foi preciso muito estudo de tecidos por parte de Jacqueline Durran, a figurinista do filme.

Foram muitos testes de tons de amarelo e de como o tecido aparecia na câmera – acreditem, é super importante saber isso! Na versão que iremos ver na tela o vestido é feito em organza de seda, com várias camadas de tecido na saia pra dar a leveza necessária na dança. Uma coisa importante pra dizer é que não há corpete, já que a Bela é uma personagem bem ativa e precisa de mobilidade. Esse foi um pedido da própria Emma Watson, que vai viver a princesa no filme.

O vestido tem também alguns detalhes dourados pintados nas barras para parecer com o chão do salão de baile, tornando tudo mais mágico. E a Bela ainda vai usar um acessório com penas na cabeça, bem delicado!

Todos esses detalhes foram contados à revista Entertainment Weekly no mês passado, e essa matéria do vestido você confere aqui (em inglês).

“A Bela e a Fera” em live action!

Hoje saiu o trailer mais esperado de todos – pelo menos pra mim -: o do live action de A Bela e a Fera. É o meu segundo filme da Disney preferido de todos os tempos, só vem depois de Aladdin, e eu choro todas as vezes que assisto àquela cena do vestido amarelo. É muita emoção!

Primeiro a Disney lançou o teaser, que levou a internet à loucura. O longa vai contar com Emma Watson como Bela – já amei demais, sou apaixonada por ela! -, Dan Stevens como a Fera/Príncipe e Luke Evans como Gaston. Quem não viu, veja:

Depois surgiram as fotos, lançadas na revista Entertainment Weekly:

bela-4

bela-6

bela-7

A ansiedade aumentou muito! haha E hoje, finalmente, foi lançado o primeiro trailer de A Bela e a Fera, que você confere abaixo:

Maravilhoso né? Pelo que eles mostraram, o filme vai ser bem parecido com a animação, assim como foi Cinderela (outra aposta em live action da Disney que deu super certo – clica aí que tem crítica). A data de estreia está prevista pro dia 17 de março de 2017. Can’t wait!

O vestido de noiva de Cinderella

A revista Vanity Fair fez um editorial lindo com o vestido que será usado pela Cinderella no próximo filme em live action da princesa produzido pela Disney. Segundo a revista, a figurinista Sandy Powell (Shakespeare Apaixonado, O Lobo de Wall Street, O Aviador) inspirou-se no século XIX e nos anos 1950 para criar o figurino do filme.

“I wanted the costumes to be bold and have an explosion of color as if it were a picture book” ; “But at the same time, I wanted the clothes to be true to each character and believable.”

“Eu queria que o figurino fosse uma explosão de cor como se fosse um livro com imagens. Mas ao mesmo tempo, eu queria que as roupas fossem fiéis a cada personagem e acreditáveis” disse ela em entrevista.

O figurino da personagem principal inclui o vestido de baile azul de doze camadas e oito pares de sapatos feitos de cristal Swarovski – um luxo! Para o vestido de noiva, Sandy disse que queria que o efeito fosse efêmero e fino, para transmitir a bondade que a fez conquistar o príncipe. Olhem o resultado, que lindeza!

cinder1

Foto: Reprodução

cinder2

Fotos: Reprodução

Na reportagem Sandy também fala sobre a roupa do príncipe. A escolha da jaqueta azul foi para realçar os olhos de Richard Madden – particularmente achei uma ótima escolha! Sobre o vestido de baile, a figurinista disse:

“I wanted to make the gown look enormous”; “The gown had to look lovely when she dances and runs away from the ball. I wanted her to look like she was floating, like a watercolor painting.”

“Eu queria que o vestido de baile parecesse enorme. Ele teria que parecer adorável quando ela dança e foge do baile. Eu queria que ela parecesse estar flutuando, como uma pintura de aquarela.”

Acho que ela conseguiu bem esse efeito de “aquarela”, dá pra ver bem no trailer e nesse primeiro post que fiz sobre o filme. Olhem o sketch:

cindergown

Reprodução. Sandy Powell/Disney

Tudo lindo! Confesso que Cinderella não é das minhas preferidas, mas estou morrendo de curiosidade para ver o filme por vários fatores como o figurino, os cenários, o Robb Stark… 😉

Matéria na íntegra: http://www.vanityfair.com/hollywood/2015/02/cinderella-wedding-gown-first-look