O que fazer em Ibitipoca, Minas Gerais

Conceição do Ibitipoca é uma vila no município de Lima Duarte, em Minas Gerais. É um local muito visitado por pessoas que gostam de curtir a natureza e a tranquilidade. Lá há o Parque Estadual do Ibitipoca, com várias opções de trilhas.

Acesso

O acesso a Ibitipoca se dá pela BR-267 e deve-se entrar na cidade de Lima Duarte e percorrer 27km – em sua maioria de estrada de terra. Fomos de 4×4 e isso facilitou bastante, mas vimos carros comuns transitando pela estrada também sem problemas.

Onde ficar

São várias pousadas em Ibitipoca, e ficamos na Pousada Vale do Sol, bem no início da vila. Ela é toda de chalés e tem piscina, sauna e o mais importante: café da manhã. Reservamos pelo Airbnb e o atendimento foi ótimo, além do preço justo! Ah, e eles aceitam animais, então levamos a Charlotte e ela amou!

Onde comer

Comemos muito bem no restaurante Cleusa’s, que é ao lado do badalado Ibitilua (fomos à noite, mas não recomendo). O atendimento do Cleusa’s é bom e a comida deliciosa. Escolhemos o tutu mineiro, que veio com arroz, couve, lombo de porco, torresmo e linguiça. Comemos bastante e ainda sobrou! Outro restaurante que gostamos foi o Nhoq Tipoca, com menu só de nhoques. Comi um com massa de beterraba e molho de tomate cremoso delicioso! Pena que eles não têm carta de vinhos, só taxa rolha (você leva seu vinho e pode tomar lá e eles cobram uma taxa).

O Parque

O Parque Estadual do Ibitipoca é o maior atrativo do local, sendo uma área vasta com muitas cachoeiras, piscinas naturais, paredões de pedra, grutas e trilhas que ligam isso tudo. Além disso, o parque tem uma estrutura pra quem quer acampar com camping e restaurante.

Fizemos o Circuito das Águas, que é o menor – com 5 km no total. Fomos até o Lago dos Espelhos e depois descemos até o mirante da Cachoeira dos Macacos (não fomos até lá porque a essa altura já estávamos mortos haha). As trilhas são bem tranquilas, a gente anda mais sobre pedras e tem hora que é escada mesmo. Mas são muitas descidas e subidas, o que dificulta se você tem o joelho ruim que nem eu.

Lago dos Espelhos

A trilha mais famosa é a que vai até a Janela do Céu, o topo de uma cachoeira com uma vista incrível. Vi fotos e é realmente lindo, mas são 16km de caminhada no total e é demais pra mim. Um outro roteiro de 11km vai até o Pico do Pião, o segundo ponto mais alto do parque.

Ponte de Pedra

É tudo tão lindo! Fiquei muito encantada com as paisagens do parque, especialmente com a cor da água que vai de amarelo a marrom por conta da decomposição de folhas que ficam no solo.

Horários e preços

O parque fica aberto todos os dias, menos segunda-feira de 7h às 18h, e os preços variam de acordo com o dia da semana: dias úteis R$ 15 e finais de semana e feriados R$ 25. Pensamos em levar a Charlotte, mas ao chegar lá descobrimos que não pode entrar no parque com animais de estimação pelo risco de doenças, então deixamos ela na pousada. Mesmo assim tinham muitas pessoas na vila com seus bichinhos, eles são super pet friendly!

Dicas gerais

  • Leve dinheiro, às vezes algum restaurante pode não aceitar cartão ou não ter sinal. Não tivemos problemas, mas vai que né.
  • Meu celular é Vivo e pegou muito bem, inclusive dentro do Parque!
  • A vila tem várias lojinhas de artesanato mineiro, eu amo e só não levei nada porque não ia caber na mala. haha
  • Ficamos apenas 2 noites e foi o suficiente pra conhecer o parque e a vila de Ibitipoca.
  • Passe protetor solar no dia que for ao parque! Fomos num dia nublado e não passamos protetor. Consequência: ficamos vermelhos!

Ibitipoca é um lugar que vale a pena conhecer, seja pra relaxar ou pra se aventurar nas trilhas e cachoeiras do parque! Se quiserem mais dicas é só falar!