Festival Green Nation chega ao Rio!

A preservação do meio ambiente e a alimentação saudável estão cada vez mais no centro de discussões e eventos sobre o assunto andam pipocando por aí. Acho super importantes essas iniciativas pra conscientizar cada vez mais a população mundial dos problemas que estamos enfrentando no meio ambiente. Essa semana o Museu do Amanhã e o Píer 1, na Praça Mauá, no Rio de Janeiro, serão palco do Green Nation, festival que permite a todos pensar, viver e sentir a sustentabilidade.

Dos dias 24 a 27 de novembro (quinta a domingo), de 9h às 18h, o público terá acesso gratuito a uma programação ampla, com palestras, cinema, oficinas e muitas outras atividades!

O festival audiovisual estará dividido em duas mostras – livre e competitiva – e acontecerá no Museu do Amanhã, todos os dias de 13h às 18h. A temática dos filmes será a mesma: a sustentabilidade e o meio ambiente.

A alimentação saudável é também um dos eixos do festival, que promoverá 38 sessões de culinária sustentável para crianças e adultos. Para participar das aulas, que são gratuitas, é preciso se inscrever antes no site do Green Nation.

Olhem que legal o mapa do evento! Dá pra ter uma noção do tamanho né!

mapagreennation21nov

The Art of the Brick: Exposição de esculturas de LEGO!

O artista Nathan Sawaya exibe suas esculturas feitas com peças de Lego na Oca, no Parque Ibirapuera. Fui conferir a exposição The Art of the Brick no fim de semana passado e fiquei encantada! As esculturas são impressionantes, e ainda tem algumas telas em duas dimensões, mas também feitas de Lego.

Nathan Sawaya era advogado, mas se cansou da vida burocrática e resolveu fazer o que mais gostava: montar peças de Lego. Ele foi o primeiro artista a fazer isso, e é super renomado no mundo da arte contemporânea.

the-art-of-the-brick-9

the-art-of-the-brick-5

the-art-of-the-brick-7
Além de esculturas autorais, ele fez réplicas de obras clássicas como a Vênus de Milo, Monalisa, David de Michelângelo, etc. E tudo em Lego! Muito incrível!

the-art-of-the-brick-12

O ingresso da exposição custa R$20, com meia entrada a R$10. A exposição vai até dia 30 de outubro em São Paulo, e depois segue para o Rio, no Museu Histórico Nacional, entre 16 de novembro e 15 de janeiro. Pra quem está em SP ainda dá tempo de ir, e quem está no Rio vai ter bastante tempo!

Domingo no MAR – Museu de Arte do Rio

Adoro passeios culturais, e essa é uma ótima dica pra quem curte arte!

Neste último domingo do mês, 25 de setembro, o Museu de Arte do Rio (MAR) abre as suas portas para o público de forma gratuita. Os visitantes poderão ter a oportunidade de ver de perto a exposição “A Cor do Brasil”, que traça a trajetória da arte brasileira desde o período colonial até o século 21. São mais de 300 obras expostas no museu e o grande destaque é a obra “Abaporu” (1928), de Tarsila do Amaral.

abaporu

Tem também duas outras exposições pra ver: “Leopoldina, princesa da Independência, das artes e das ciências” e “Linguagens do corpo carioca [a vertigem do Rio]”, que reúne 800 obras de variados artistas que retrataram a essência da alma carioca.

Bem que eu gostaria de estar no Rio pra poder ir. Ainda não conheço o MAR, acho o projeto do prédio lindo e super interessante. Fica aí a dica pro final de semana.

Beijos, Helena.

Dica de restaurante no Rio: Paris 6

Um dos restaurantes/bistrôs mais badalados do Rio sem dúvidas é o Paris 6, na Barra, cujo cardápio com inspiração francesa conta com inúmeros pratos com nomes de celebridades e tem até jogador de futebol como sócio – fora as celebridades que vão lá mesmo. O primeiro Paris 6 foi inaugurado em São Paulo, e possui filiais em Porto Alegre e Miami – além do Rio!

Os preços não são nem um pouco modestos, mas o bistrô vive cheio mesmo funcionando 24h por dia. Fui com meu namorado num aniversário de namoro e gostei. Além das delícias francesas, o ambiente é mega aconchegante. E é bem divertido ver o nome de tanta gente no cardápio! Comi um Agnelotti (não conhecia, é uma trouxinha de massa!) de brie e presunto de parma e creme de tomates “à la Mariana Ximenes” apenas maravilhoso! Tava tão bom que eu nem tirei foto, já fui comendo tudo haha

As sobremesas também fazem sucesso. Além do tradicional crème brulée francês, a sobremesa mais famosa é o grand gatêau, tipo um petit gatêau (aquele bolinho cremoso por dentro, só que grande kkk), com picolé, calda, morango, etc etc. O que comemos foi o “Manu Gavassi”, que tinha macaron (que tava meio passado, tenho que dizer), picolé, creme de avelã, morango, avelã… hmmmm olhem isso!

A minha sugestão é comer ou o jantar ou o grand gatêau, porque os dois juntos são demais. Se for comer o jantar, melhor pedir depois um crème brulée, que é mais levinho, ou outra sobremesa – tem infinitas no cardápio! Ou então come uma entrada – lá tem bruschetta hmmmm – e depois a sobremesa.

Pra turma fitness o Paris 6 também é uma boa, lá tem um menu fit com todas aquelas coisas de biomassa, batata doce, legumes, arroz integral, etc etc. haha

Endereço: Av. Érico Veríssimo, 725

Quem já foi lá tem alguma dica de prato?