Viagem

O que fazer em Granada, Espanha

Granada é uma cidade única no sul da Espanha, região conhecida como Andalucía. A história dela é como a das outras cidades espanholas que viveram sob o domínio dos mouros, tendo sido capital do reino muçulmano no século XI e conquistada pelos Reis Católicos em 1492. Hoje ela sobrevive através do turismo, e a citadela Alhambra de Granada é um dos monumentos mais visitados da Espanha.

Como chegar

Granada fica a 250km de Sevilha, então pegamos um carro no aeroporto de Sevilha (já estava reservado) e seguimos viagem. São mais ou menos 2h40 de viagem, e a estrada é bem tranquila! Usamos o Waze mesmo, a moça falando em espanhol era bem engraçado! Mas no meio da cidade tanto o Waze quanto o Google Maps ficaram um tanto perdidos, então é bom checar direitinho onde você vai pra não ter maiores problemas. Deixamos o carro no estacionamento San Agustín, que cobrava 25€ a diária. Foi uma facada, mas foi necessário porque deixamos as malas grandes dentro do carro e ficamos só com as pequenas e não podíamos arriscar deixar o carro na rua!

Onde se hospedar

Ficamos no Hotel Granada Five Senses Rooms & Suites (link direto para o Booking aqui!), que estava em promoção no dia da reserva – o dia em que chegamos em Granada (lá embaixo conto o motivo!). Ele é muito bem localizado, fica na Gran Vía de Colón – uma das principais ruas da cidade, perto de tudo! É fácil chegar às atrações turísticas de lá – fizemos tudo a pé. O hotel é bem novo, a cama é confortável, chuveiro quentinho, atendimento ótimo. Tudo de bom! Optamos por não ter café da manhã – comemos na rua mesmo.

Café da manhã delícia: torrada com molho de tomate (é tradicional na região, adoramos!), suco de laranja (também é tradicional, a região da Andalucía é produtora de laranja) e café.

O que visitar

Granada tem muita coisa pra ver! Ficamos lá por 2 noites, que achamos suficientes, mas visitamos bastante coisa – muitos lugares bonitos e de histórias super interessantes!

Alhambra

A Alhambra de Granada é uma citadela, um complexo de palácios, jardins e fortaleza onde vivia a corte do Reino de Granada. Juntamente com o palácio Generalife e o bairro Albaicín, a Alhambra é Patrimônio Mundial da UNESCO. É um lugar imenso, lindo, bem conservado – e cheio de turistas.

Palácio Generalife na Alhambra

Os ingressos para a Alhambra se esgotam muito rápido, então é bom vocês se prepararem pra comprá-los com uns 3 meses de antecedência. Nós não tínhamos ingresso quando fomos, demos sorte de comprar quando já estávamos em Madri uns 3 dias antes de ir para Granada no próprio site da Alhambra. Acho que nunca entrei tanto num site na minha vida! haha Compramos o ticket “General“, que custa 14 € e dá direito à entrada na Alcazaba, que é a fortaleza, nos Palácios Nazaríes (com hora marcada que você escolhe na hora da compra) e no Generalife, jardins e palácio.

Tem também a opção de comprar o Granada Card, no site de turismo de Granada.

Vale muito a pena ir à Alhambra, vocês não pode deixar de ir lá se forem visitar a cidade! É um lugar único com uma energia incrível, e como fica no alto, tem uma vista maravilhosa de Granada e do Vale Nevado.

Palácio Generalife

Carrera del Darro e Paseo de los Tristes

A Carrera del Darro é considerada a rua mais bonita do mundo. Ao lado dela corre o rio Darro, e se você olhar pra cima, vê a Alhambra. Na sua continuação há o Paseo de los Tristes, com vários restaurantes delícia pra desfrutar a vista e as comidinhas. Fomos lá no segundo dia em Granada e foi incrível, um passeio muito gostoso! Demos sorte de o tempo estar bem bom, super ensolarado, o que rendeu fotos lindíssimas.

A Alhambra vista do Paseo de los Tristes. É lindo demais!

El Bañuelo + Casa Horno del Oro

Na Carrera del Darro fica El Bañuelo, antiga casa de banhos árabe. A entrada custa 5€, mas é um ingresso combinado com a Casa Horno del Oro, uma casa árabe conservada nos moldes antigos dos mouros, e o Palácio de Dar al-Horra, um palácio também no estilo árabe mas que não fomos porque era mas longe e não deu tempo. Olha, vou ser sincera com vocês, foi interessante mas nem tanto!

Mirador de San Nícolas

O Mirador de San Nícolas fica no bairro de Albaicín, o mais famoso de Granada e o mais antigo. Lógico que tivemos que subir muitas ladeiras né? haha Mas a vista compensou, e muito! Dá pra ver o complexo de palácios da Alhambra, Granada quase toda e ainda a Sierra Nevada. Incrível!

A Alhambra e a Sierra Nevada ao fundo vistas do Mirador de San Nícolas

Bairro Albaicín

Vale também explorar o bairro Albaicín, que é todo branquinho e uma graça! Mas estejam preparados pra andar bastante e subir muitas ladeiras e escadas! Cansa, viu?

O bairro de Albaicín visto da Alhambra

Palácio de los Cordova

Passeando pelo Paseo de los Tristes vimos o Palácio de los Cordova aberto, e com entrada grátis. Não hesitamos! haha Os jardins são lindos e o palácio também! O interessante é que ele foi construído no século XVI, mas foi derrubado no século XX. Aí reconstruíram entre as décadas de 1960 e 1980!

Catedral de Granada

Sabemos que a Espanha é um país tradicionalmente católico, então não pudemos deixar de visitar as grandes catedrais das cidades em que passamos. A Catedral de Granada é lindíssima, diferente de todas as outras que fomos. Ficamos muito impressionados com ela! É em estilo renascentista, ao contrário de outras que estão mais para o gótico. O ingresso é 15€, com o audioguia incluído. Achamos interessante ter o audioguia pra conhecer mais sobre a história do lugar, vale a pena!

Basílica San Juan de Diós

A Basílica San Juan de Diós é toda em estilo barroco, bem rica, ishalá muito ouro! Vale a visita! E que eu me lembre não pagamos nada pra entrar. #ficaadica

Onde comer

Granada tem muitos restaurantes de influência árabe! Quisemos experimentar um e fomos no El Sultán para jantar. Pedimos o menu do dia e comemos de entrada hommus com pão sírio, como prato principal cuscuz de frango e de vegetais. E depois ainda veio um cházinho delicioso pra digestão! Confesso que esperava mais do cuscuz, veio tão sem sal e sem tempero! Mas o hommus estava delicioso. Endereço: Calle Cetti Meriem, 10.

Hommus e pão sírio

Cuscuz de vegetais

Cuscuz de frango

No dia do passeio pela Carrera del Darro e Albaicín, almoçamos num dos restaurantes do Paseo de los tristes, no meio da praça. O menu do dia foi 10€ com entrada, prato principal e sobremesa. Pedi tomates no azeite de entrada e depois tortilla. Fernando comeu paella – tava melhor que meus tomates haha – e lula empanada. De sobremesa comemos profiteroles, me lembrou da infância! Comemos isso tudo acompanhados de um choppzão San Miguel, delicioso para o dia de calor.

Sentamos bem ali no meio pra almoçar. Mara ou mara?

Onde comprar

Não podemos esquecer das comprinhas né! As principais lojas – H&M, Zara, Mango, entre outras – ficam na Calle Reyes Católicos e região. É bem perto da Catedral de Granada!

Por lá também fica a Alcaicería, ruas com várias lojinhas bem no estilo árabe que a gente vê em fotos. A maioria das lojas é de artesanato, e tem cada coisa linda! Compramos um quadrinho no estilo das construções da região, bem fofo.

Perrengues

Viagem sem perrengue não é viagem, então o destino reservou Granada pra ser a nossa cidade do perrengue. haha Não foi lá tão ruim, mas o que aconteceu foi que estávamos com horário definido pelo ingresso para visitar a um palácio na Alhambra e demoramos pra achar uma vaga na rua/estacionamento. Nos estressamos com a máquina de pagar estacionamento na rua que só aceita moedas, corremos bastante pelas ruas cheias de ladeiras, corremos pela Alhambra (mais ladeiras), e no fim deu tudo certo. Mas, se eu soubesse que seria essa confusão pra estacionar o carro, teria ido mais cedo pra lá.

Outro pequeno perrengue foi a nossa acomodação. Reservamos um apartamento pelo Airbnb no bairro Albaicín e quando chegamos lá depois de muito custo carregando as malas por escadas e ruas de pedra percebemos que o apê era praticamente um cômodo em uma casa que o proprietário adaptou. Ficamos lá o tempo de encontrarmos um hotel – o Hotel Five Senses Granada, que estava com 50% de desconto naquele dia – amém ou amém?

O post ficou enorme, mas é muita coisa legal pra ver e fazer em Granada! Espero que tenham gostado e se inspirado a visitar a cidade também.

Abaixo vou deixar o mapinha com os lugares que falei aqui no post pra vocês se orientarem:



Booking.com

Coleção Holiday da MAC Cosmetics Produtos para sua maquiagem da Copa 2022 Prêt-à-porter, resort, cruise, haute couture: o que é cada coleção de moda Achados de Beleza na Black Friday 2022 Os ternos da Seleção Brasileira para a Copa 2022 Looks para a Copa 2022 Como camuflar olheiras escuras Inspirações de maquiagem para formatura Tendências de Moda Praia para 2023 Coleção MAC x Pantera Negra Ideias de maquiagem para a Copa 2022 Resenha: Loção Abeille Royale Guerlain Quiet Luxury: tudo o que você precisa saber sobre o tema Como usar colete de alfaiataria Resenha: Stick Tudo da Vic Beauté Le Smoking: a história do terno feminino Chega ao Brasil a linha Nars Skin Ralph Lauren Primavera Verão 2023 A decoração do meu casamento inspirada na Costa Amalfitana Rose Inc chega ao Brasil