Filmes & Séries

Crítica: Aladdin

Aladdin é meu filme preferido da Disney e é claro que eu pirei quando vi anunciarem o live action! Quando vi então que a direção ia ser de Guy Ritchie (diretor de Sherlock Holmes, entre outros), minhas expectativas aumentaram bastante.

Dessa vez o nome de peso no elenco é Will Smith, que interpreta o Gênio. E não poderia ser outro ator! Ele é fantástico e soube muito bem trazer para o ‘live‘ um personagem hiper carismático e divertido. Há sequências em que ele rouba totalmente a cena, não tem pra ninguém mesmo!

O personagem do Aladdin é interpretado pelo egípcio criado no Canadá Mena Massoud e Jasmin pela britânica Naomi Scott. Não conhecia nenhum dos dois, mas gostei bastante das escolhas! Inclusive são eles mesmos que cantam no filme, o que achei bem legal. Eles entenderam os personagens e interpretaram muito bem. Alguém tinha me falado que o Aladdin era feio, mas eu achei que ele ficou a cara do personagem! O sorriso carismático era o mesmo! kkkk Só não gostei muito do Jafar, esperava alguém com mais presença, não sei. O da animação tinha certo carisma!

Aladdin é bem fiel à animação, eles só mudaram algumas coisas na história pra dar uma atualizada. Pra quem não conhece, Aladdin é um menino pobre do reino de Agrabah que conhece a princesa Jasmin no mercado e se apaixona por ela. Enquanto isso, o vizir real e maquiavélico Jafar quer ser sultão e pra isso precisa da lâmpada mágica. Ele dá um jeito de Aladdin pegar a lâmpada pra ele e acaba dando tudo errado e o rapaz fica com ela. Dentro da lâmpada há um Gênio que pode conceder 3 desejos. E aí a aventura começa.

Uma coisa que amei foi o destaque dado à Jasmin, com até uma música solo (coisa que ela não tinha na animação) e um aprofundamento na história dela. Girl power total!

Músicas

As músicas estão maravilhosas no filme. São de arrepiar e emocionar! Choro toda vez que escuto A Whole New World (Um Mundo Ideal) e dessa vez não podia ser diferente. haha Algumas músicas foram atualizadas, como Friend Like Me, cantada por Will Smith, e ficaram ótimas! Já tem tudo lá no Spotify.

Figurino

Vocês sabem que amo falar de figurino e não podia deixar de falar sobre o de Aladdin. O figurinista Michael Wilkinson atualizou o figurino dos personagens de uma forma incrível, pegando referências da cultura árabe e também da atualidade. Segundo ele em uma entrevista ao site Fashionista, eles queriam que o filme fosse uma celebração da cultura árabe. O resultado foi um figurino cheio de detalhes, muitas cores e tecidos maravilhosos.

Vale prestar atenção nos acessórios de Jasmin, são lindíssimos!

É uma nostalgia deliciosa assistir ao novo Aladdin!

Aliás, tem um vídeo MUITO fofo em que o Will Smith entrega pros atores os bonecos dos personagens que eu fiquei bem emocionada também de assistir e acho que vale a pena ver:

View this post on Instagram

First look at our new #Aladdin swag!!

A post shared by Will Smith (@willsmith) on

A Disney ainda vai me matar do coração com esses remakes de live action dos filmes de animação.

(Visited 836 times, 1 visits today)
Novidades de beleza de julho Rare Beauty: quais produtos valem a pena Carolina Herrera Coleção Fall 22 Tendência: Bota Western Os Looks de Hailey Bieber
Novidades de beleza de julho Rare Beauty: quais produtos valem a pena Carolina Herrera Coleção Fall 22 Tendência: Bota Western Os Looks de Hailey Bieber
Novidades de beleza de julho Rare Beauty: quais produtos valem a pena Carolina Herrera Coleção Fall 22 Tendência: Bota Western Os Looks de Hailey Bieber O estilo de Eva Chen Novos produtos de maquiagem Estée Lauder no Brasil Resenha: Paleta 12 Shades Mariana Saad 10 looks estilosos sem salto 10 belezas de celebridades para você se inspirar Tipos de sombras e como usá-las As marcas de beleza no metaverso Giambattista Valli Alta Costura Outono 2022 A Alta Costura Glamurosa de Valentino Elie Saab Alta Costura Fall 2022 Coleção Pre-fall 2022 de Isabel Marant chega ao Brasil Os looks da Anitta Looks das famosas no São João da Thay A coleção Signum da Swarovski + Rosenthal Ideias de looks com coturno