Viagem

O que fazer em Nova York

Nova York é uma cidade incrível e era um sonho pra mim viajar pra lá. Não fiquei nem um pouco decepcionada, mas fiz aqueles passeios de turista mesmo (tem coisa que não gostei e não achei que valeu a pena), já que só tinha 5 dias pra passear! Da próxima vez eu pretendo descobrir lugares mais diferentes, por enquanto vou dar minha opinião sincera sobre o que vi e vivi. Ai que profunda.

Top of the Rock – Rockefeller Center

Pesquisamos bastante antes de definir se iríamos no Empire State Building ou no Top of the Rock, no Rockefeller Center. Optamos pelo segundo e não nos decepcionamos! Ele tem uma vista incrível para o Central Park e foi a primeira visão que tivemos da ilha de Manhattan – nos hospedamos em Long Island e a estação de metrô dá direto dentro do prédio. Foi demais, recomendo!

A entrada foi muito organizada: compramos o New York City Pass para 3 atrações e chegando lá imprimimos o ticket numa máquina de auto-atendimento e pronto. Muito tranquilo. Eles são muito muito organizados mesmo!

Saindo do Rockeffeler Center ainda tinha a pista de patinação no gelo (fui em abril) e tava tudo lindo.

St. Patrick’s Cathedral

A icônica St. Patrick’s Cathedral fica no meio do burburinho da 5a Avenida e é uma construção imponente e diferente no meio de tantos prédios modernos. Inaugurada em 1878, a catedral foi construída no estilo gótico e é a maior igreja católica dos Estados Unidos.

New York Public Library

A famosa Biblioteca Pública de Nova York é linda! Ela fica no Bryant Park, um parque de uma quadra bem no meio de Manhattan (tipo um Campo de São Bento, entendedores entenderão kkkkk). Não fizemos o tour (tem 2 vezes ao dia, às 11h e às 14h de segunda à sábado, e 14h aos domingos), mas o prédio é bem lindo e tem várias salas abertas para visita.

Times Square

A praça mais famosa do mundo! A Times Square é uma bela de uma confusão, um formigueiro humano, isso sim. É tanta gente, tanto carro em volta, tantos letreiros luminosos que eu nem sei se gostei tanto, sabe? De tarde até que é legal, a gente sentou na escada lá do quiosque da TKTs (onde vendem os ingressos para os musicais) e tiramos fotos. Mas na hora de sair do musical, foi um caos. Tem que ficar atento com bolsa e tudo porque é muita gente, parecia até bloco de carnaval!

Broadway: Musical “O Fantasma da Ópera”

Não podíamos ir a NY sem assistir a um musical né! Escolhemos o mais tradicional: O Fantasma da Ópera. Compramos os ingressos lá mesmo, no quiosque da TKTs, que vende vários ingressos com desconto. Se você está indo pra Nova York e acha que vai assistir a vários musicais, melhor guardar mais dinheiro, porque os ingressos são caros! Nesse quiosque você consegue comprar mais barato, mas cada dia tem um musical com desconto. Dá pra acompanhar os descontos no app!

Grand Central Terminal

Cenário de tantos e tantos filmes, o Grand Central Terminal é um terminal de verdade, por onde saem trens e ônibus. Além disso, tem restaurantes, cafés e lojas. Fora que é lindo demais! Fiquei até esperando ver a Serena Van Der Woodsen de Gossip Girl aparecer nas escadas. hahaha

The High Line

O High Line é o mais novo point de Nova York: um parque suspenso criado a partir de uma linha de trem abandonada. Ele fica no bairro de Chelsea e tem uma vista muito bonita da cidade. Vai do Whitney Museum ao recém-inaugurado shopping chiquérrimo Hudson Yards.

The Vessel

The Vessel é o mais novo ponto turístico de Nova York, inaugurado em março de 2019. É uma estrutura em aço cortém, o aço utilizado pra construir navios – a referência ao nome (O veleiro, em português). Dá pra subir na estrutura/obra de arte, que possui quase 2500 degraus e tem vista para o rio Hudson. Vale ressaltar que o entorno da atração está todo renovado, com empreendimentos imobiliários e o shopping que eu falei ali em cima. Não subimos, mas a foto de baixo já valeu!

Chelsea Market

O Chelsea Market é como um mercadão, mas bem gourmetzinho! Amamos! haha Prepare-se pra muitas filas! Desistimos de comer lá e fomos no Artichoke Basille’s Pizza, uma recomendação de várias pessoas nas minhas pesquisas da internet.

Central Park

O parque mais famoso de Nova York, provavelmente do mundo! O Central Park pega um pedação da ilha e é muito gostoso de passear. Pena que o dia que fomos estava nublado, mas de qualquer forma ele é lindo – e muito bem cuidado. É um parque enorme, então é melhor escolher por onde você vai andar pra não acabar morrendo de cansaço. kkkk Escolhemos ir pelo lado direito, ou East Side, porque iríamos no Metropolitan Museum of Art, que fica lá mesmo, depois. Não andamos até o final do parque, só até o lago maior, que é um reservatório desativado.

The Metropolitan Museum of Art

O MET é o museu mais emblemático de Nova York, que reúne obras de arte e peças históricas de várias épocas diferentes. Passamos umas 4 horas dentro do museu e amamos! Tem Van Gogh, Monet, Renoir, tem Egito, Grécia, e muito mais. Se você curte arte, mas não quer passar tanto tempo lá dentro, sugiro escolher uma área pra visitar, porque realmente é gigantesco. Ah, esse que eu tô falando é o museu da 5a Avenida. Ele tem outros dois prédios: The Met Breuer e The Met Cloisters, que ficam em outros locais.

Ingressos

Usamos o passe do City Pass no Metropolitan e foi super tranquilo. Perguntamos onde era o acesso e trocamos por tíquetes num balcão. Mas se você quiser comprar diretamente pelo site deles, pode clicar aqui.

American Museum of Natural History

Esse é outro museu famoso pra ir em Nova York. Também usamos o City Pass, mas eu achei que não valeu a pena. Apesar de muito conhecido, o Americam Museum é bem antigo e os corredores têm aspecto de velho mesmo. São muitos bichos empalhados e histórias de civilizações, mas dá pra ver que o museu precisa de uma reforma.

Memorial 9/11

Acho que nunca fiquei tão triste em uma viagem. Era uma energia tão forte no Memorial 9/11 que eu só conseguia chorar. Não tirei uma foto sequer, o Fernando que tirou. É impressionante ver como os americanos conseguiram dar a volta por cima depois do atentado e reconstruir o local de uma das maiores tragédias que já aconteceram por lá. O Memorial é composto por duas grandes fontes: uma com os nomes das vítimas e outra com os nomes dos bombeiros que trabalharam no local. Uma coisa curiosa é que nas datas que seriam de aniversário das pessoas, uma rosa branca é colocada no nome dela. Achei linda a homenagem. No local também há um museu, mas a gente preferiu não ir.

A estação The Oculus fica bem em frente ao memorial, e é uma obra impressionante do arquiteto espanhol Calatrava – o mesmo que projetou o Museu do Amanhã no Rio. Vale a pena conhecer, lá embaixo tem um shopping e tudo mais.

Wall Street e Charging Bull

Andando ali pra baixo do World Trade Center, tem Wall Street (nada mais é do que uma rua) e o Charging Bull, aquele touro que você coloca a mão nas bolas pra dar dinheiro. Coloquei também né, vai que! haha

Battery Park

E andando mais pra baixo você chega no Battery Park, que fica na ponta sul de Manhattan. De lá tem uma vista linda do rio e da Estátua da Liberdade (lá também é que você compra ingressos para o passeio da estátua). É um parque bem gostoso! Sentamos lá e ficamos um tempinho curtindo a vista. Bem ali também fica o Castle Clinton, um forte construído para defender a cidade no século XIX e que hoje é aberto para visitas (grátis!).

Os bairros

SoHo

Bairro charmoso, descolado e cheio de lojas, brechós, cafés, tudo de cool que tem na cidade fica no SoHo! Não é um bairro muito grande, e é muito legal de passear e window shop (o famoso olhar vitrine hahaha). Queria ter passado mais tempo por lá!

Little Italy

Outro charme de Nova York! A Little Italy é super pequena e acho que nunca vi tanto restaurante italiano junto. Nunca fui à Itália, mas me senti um pouquinho lá!

Chinatown

O Chinatown de NY é conhecido pelas lojas de souvenirs “baratas”. Acontece que nada é barato naquele lugar! É um tal de vendedor querendo passar a perna na gente como se fosse aqui no Brasil mesmo. Não gostei e não voltaria! Porém comprei umas máscaras faciais numa lojinha de produtos coreanos que foi um bom negócio. Fora isso, da próxima vez que eu for vou passar longe de lá!

Midtown

É onde fica a muvuca de Nova York! As principais atrações turísticas como o Rockefeller Center, o Empire State Building, a Biblioteca Pública, várias estações de metro etc etc. É um ótimo bairro também pra se hospedar por conta da proximidade com tudo.

Upper East Side

É o bairro mais rico da ilha, com prédios chiques e lojas de luxo. Tudo lindo e impecavelmente limpo! Eu tava bem curiosa pra ir lá porque assisti Gossip Girl e a série se passava no bairro. Se você gosta de ver chiqueza dá uma passada lá!

Upper West Side

Do outro lado do Central Park, o Upper West Side é muito agradável e tem muitos prédios bonitos que a gente vê nos filmes! Também é um bairro nobre e residencial, mas abriga muitos artistas e pessoas mais jovens do que no Upper East Side. Lá tem uns cafés muito gostosos!

Mapa de Nova York

Como de costume nos posts de viagem, vou deixar aqui o mapa de NY com os lugares que falei aqui no post! Tem os restaurantes e cafés também, que vou falar em outro post.

Acomodação

Ficamos no Hotel The Vue em Long Island City, no Queens, a 3 estações de metrô do Central Park. Foi muito bom, recomendo o hotel: novinho, cama confortável, banheiro limpo e lindo, serviço de quarto ótimo, café da manhã incluído.

Se você quiser ver outras opções, dá uma pesquisada no Booking, foi por lá que reservamos!

Booking.com

É isso! Nova York é uma cidade bem grande e a ilha de Manhattan tem muitos lugares pra ir! Como falei no início, ficamos poucos dias e pretendo voltar pra conhecer mais a cidade no futuro. Se você tiver alguma dica ou dúvida, comenta aí!

*Todas as fotos são minhas!

Entenda a polêmica das campanhas da Balenciaga Coleção Holiday da MAC Cosmetics Produtos para sua maquiagem da Copa 2022 Prêt-à-porter, resort, cruise, haute couture: o que é cada coleção de moda Achados de Beleza na Black Friday 2022 Os ternos da Seleção Brasileira para a Copa 2022 Looks para a Copa 2022 Como camuflar olheiras escuras Inspirações de maquiagem para formatura Tendências de Moda Praia para 2023 Coleção MAC x Pantera Negra Ideias de maquiagem para a Copa 2022 Resenha: Loção Abeille Royale Guerlain Quiet Luxury: tudo o que você precisa saber sobre o tema Como usar colete de alfaiataria Resenha: Stick Tudo da Vic Beauté Le Smoking: a história do terno feminino Chega ao Brasil a linha Nars Skin Ralph Lauren Primavera Verão 2023 A decoração do meu casamento inspirada na Costa Amalfitana