Beleza

Tipos de demaquilantes e como usar cada um

Hoje em dia existem muitos tipos de demaquilantes diferentes no mercado! Trouxe alguns aqui e como usar cada um pra ajudar você a encontrar o que se adapta mais à sua pele.

Demaquilante comum

É o comum! Como explicar? hahaha É um líquido, às vezes mais leitoso e às vezes mais transparente. Tira maquiagem do dia a dia e pode ter componentes de hidratação na fórmula.

A aplicação é feita com disco de algodão (ou só o algodão, como preferir).

Demaquilante Bifásico

Composto por uma parte em óleo e outra mais líquida, é bom para tirar maquiagens mais densas, máscara de cílios à prova d’água. Tem gente que reclama que deixa a pele oleosa, mas hoje em dia tantas marcas têm essa opção que é mais fácil encontrar um que dê certo.

Aplique com um disco de algodão! Se quiser tirar máscara à prova d’água ou sombras líquidas como a BT Velvet, encoste por uns segundos que a maquiagem vai “amolecer”.

Água micelar

A água micelar é mais um limpador para a pele, mas também funciona pra demaquilar uma make mais leve do dia a dia. Geralmente é sem enxágue, mas eu gosto pelo menos de passar uma água no rosto depois.

A aplicação também pode ser feita com discos de algodão, super simples.

Cleansing oil ou óleo de limpeza

Uma das últimas febres das amantes de maquiagem, o Cleansing Oil veio da rotina de pele coreana. Nada mais é do que um produto com consistência de óleo que derrete a make. Incrível né! Alguns emulsionam e viram um sabãozinho quando você passa água por cima e sai tudo. Pode ser usado também pra limpar a pele mesmo sem a maquiagem.

É bom seguir a aplicação da embalagem, mas geralmente você coloca um pouquinho na mão e aplica no rosto, massageando. Depois adiciona água pra limpar. Pode ser que você precise passar um sabonete depois, porque alguns deixam resíduos na pele (processo chamado double cleansing). Ah, e tem gente que reclama que alguns ardem os olhos.

Cleansing Balm

A febre atual é a do Cleansing Balm! Depois do óleo, chegou o produto com textura meio de creme/manteiga que também derrete a make – ainda não experimentei, mas parece que é melhor do que o cleansing oil pelo que eu vejo o povo falando.

A indicação também é de aplicar sobre a pele e massagear em movimentos circulares, depois emulsionar com água e enxaguar.

Sérum demaquilante

Esse eu só vi de uma marca! haha A Bioré, marca japonesa focada em skincare, tem um sérum demaquilante, à base de água e um pouco mais leve do que o cleansing oil pra quem não gosta muito da textura oleosa. Esse eu já usei e gosto bastante pra remover maquiagem de leve a pesada!

Toalhinha demaquilante

Uma opção mais amiga do meio ambiente é a toalha demaquilante de microfibra. Eu gosto muito dessa opção, principalmente quando vou viajar, porque ela não ocupa espaço nenhum na nécessaire. Ela tira o grosso da maquiagem muito bem!

Como usar: molhe a toalha com água morna e passe suavemente pelo rosto. Você pode lavar com um sabonete facial depois se quiser.

Lenço umedecido demaquilante

Os mais comuns no mercado eu diria! Alguns vêm com ativos de skincare pra dar uma hidratada enquanto tiram a make e outros removem make mais pesada. Super prático, você pega um lencinho e passa no rosto, tá pronta. Sempre usei muito da Nivea, são ótimos.

E aí, qual é o seu tipo de demaquilante favorito?

Looks de Carrie Bradshaw na segunda temporada de And Just Like That Os looks da terceira temporada de Emily in Paris As bolsas icônicas da Gucci Entenda a polêmica das campanhas da Balenciaga Coleção Holiday da MAC Cosmetics Produtos para sua maquiagem da Copa 2022 Prêt-à-porter, resort, cruise, haute couture: o que é cada coleção de moda Achados de Beleza na Black Friday 2022 Os ternos da Seleção Brasileira para a Copa 2022 Looks para a Copa 2022 Como camuflar olheiras escuras Inspirações de maquiagem para formatura Tendências de Moda Praia para 2023 Coleção MAC x Pantera Negra Ideias de maquiagem para a Copa 2022 Resenha: Loção Abeille Royale Guerlain Quiet Luxury: tudo o que você precisa saber sobre o tema Como usar colete de alfaiataria Resenha: Stick Tudo da Vic Beauté Le Smoking: a história do terno feminino