Viagem

Dicas da Costa dos Corais

Quem me acompanha no Instagram sabe que casei no fim de junho, e fomos passar a lua de mel em Alagoas, fazendo as cidades da Costa dos Corais. É a região entre Maceió, Alagoas, e Tamandaré, em Pernambuco.

Essa época é baixa estação, porque é época de chuva, e infelizmente pegamos o inverno mais chuvoso dos últimos anos. Então já adianto que não recomendo de jeito nenhum ir entre abril e julho! Mas anotei algumas dicas sobre as cidades da Costa dos Corais para compartilhar:

O que fazer em Maceió

Maceió é a capital de Alagoas, e é uma cidade maiorzinha. Nada comparado a São Paulo ou Rio, mas tem estrutura e coisas pra fazer. Pra compras, recomendo ir à Rua das Rendeiras (Rua Alípio Barbosa da Silva – Pontal da Barra), e ao mercado de artesanato na praia de Pajuçara. Ah, recomendo usar o Google Maps pra se locomover na cidade e arredores, o Waze não deu muito certo.

Ficamos no hotel Ritz Suites, fica em frente à uma praia que é ruim de mergulhar (as praias de Maceió não são muito próprias para banho). É um hotel simples, grande, e pegamos mais pra ficar 2 noites antes de seguir viagem. Por acaso, as equipes dos cantores que estavam participando da festa de São João também estavam hospedadas lá, e o lugar dos shows era super perto, então acabamos indo uma noite. Foi até divertido, mas passamos um perrengue com muita chuva e demos “sorte” de ficar numa tenda coberta, espremidos.

Restaurantes

Para comer, gostamos muito do restaurante Divina Gula, que fomos no último dia. É um restaurante de um mineiro, mas tem um pouco de tudo. Comemos um peixe delicioso! E fomos também no restaurante Wanchako no primeiro dia, é um peruano bem famoso. O cevice vale muito a pena, mas já adianto que os preços são salgados e os outros pratos não estão à altura dele. Peça um cevice e um pisco sour e tá ótimo!

Peixe com mousseline de banana da terra no restaurante Divina Gula, em Maceió

De atração, só conseguimos ir ao Marco dos Corais, na praia de Ponta Verde, inaugurado recentemente. É muito lindo, vale a pena.

Íamos voltar no fim da viagem para conhecer mais coisas por Maceió, mas desistimos por conta da chuva e voltamos antes pra São Paulo. Quem sabe da próxima!

Segunda parada na Costa dos Corais: São Miguel dos Milagres

De Maceió a São Miguel dá umas 2 horas de viagem, e foi bem tranquilo. As estradas de Alagoas que passamos estão boas apesar das chuvas. A cidade em si é meio espaçada, não tem muita coisa além de alguns povoados. Ficamos na Pousada da Amendoeira, na Praia do Toque, e foi muito gostoso apesar da chuva.

Aqui tem um post sobre ela:

Nos recomendaram o restaurante Quintal, fica próximo à pousada mas não conseguimos ir por conta da chuva. Depois do batidão do casamento foi até bom dar uma descansada e fazer “vários nadas”.

Tem um mini centrinho onde fica a Associação do Peixe Boi, no povoado de Porto de Pedras, subindo em direção a Japaratinga. Lá é um povoadinho um pouco maior e tem boas lojinhas em frente à associação. Não conseguimos fazer o passeio pra ver os peixes-boi com a chuva.

Outra coisa pra fazer em Milagres é visitar a igrejinha na praia do Marceneiro – também não conseguimos ir…

Praia do Toque, em São Miguel dos Milagres - Costa dos Corais
Passeamos de bicicleta na Praia do Toque, em São Miguel dos Milagres

Depois de 2 noites em Milagres, seguimos para Japaratinga de balsa, que foi R$20 para o carro que estávamos – um Renegade.

Em Japaratinga, enfim os refrescos

Chegamos em Japaratinga debaixo de muita chuva, e fomos direto almoçar no restaurante Companhia da Lagosta, que fica no Hotel Vila de Taipa. O dia estava feio, mas a comida maravilhosa. Pedimos uma moqueca com peixe e camarões, acompanhada de pirão e arroz. Melhor pirão da minha vida! Atendimento simpático, mas como já era um pouco mais tarde, tinha poucos funcionários no restaurante.

Hospedagem

Ficamos hospedados na Pousada Caiuia, da Fernanda, que nos recebeu super bem! Ela fecha em junho pra férias e reabre dia 1 de julho, dia que chegamos, então éramos os únicos hóspedes. O café da manhã é farto, com frutas, bolo de rolo e comidas quentes, e preciso ressaltar que foi a melhor tapioca que já comi!

Também almoçamos por lá e o menu do restaurante é assinado pelo outro sócio, que também é dono do restaurante Divina Gula de Maceió que falei ali em cima. Ah, e se for almoçar ou ir à noite lá, peça a sobremesa Quero-quero. Com biscoito crocante, creme de queijo e calda de goiabada. Di-vi-na!

A pousada é uma graça, bem decorada, a área de piscina é linda, quarto gostoso e o chuveiro do banheiro é sensacional. Todos os quartos são de frente pro mar, com restinga e coqueiros – uma paisagem linda.

Passeio para as piscinas naturais

Em Japaratinga conseguimos curtir um dia de sol (finalmente!) pra fazer o passeio de jangada para as piscinas naturais – e ainda comer uma lagosta com banana da terra no barco. Fizemos o passeio com o Chicó, do @japaratingaaltospasseios e ele mesmo que cozinhou a lagosta ali na hora!

Sobre Maragogi, até fomos lá um dia mas estava chovendo muito, a praia estava muito feia e a cidade não tem muito o que fazer. Voltamos pra Japaratinga bem frustrados. Depois a estrada que liga as duas cidades rachou por causa da chuva e pra sair de Japaratinga tivemos que sair pela praia pra dar a volta e pegar a estrada.

Última parada: a bela praia de Carneiros, PE

A Praia dos Carneiros fica na cidade de Tamandaré, em Pernambuco, última cidade da Costa dos Corais. Ficamos bem impressionados como a estrada em Pernambuco estava péssima, foi só passar a divisa dos estados que piorou muito, com muitos buracos e lama na pista. Também chegamos lá debaixo de chuva, e fomos direto para a pousada Sítio da Prainha.

Ela fica na parte do rio que deságua em Carneiros, e é um terreno bem gostoso, arborizado. Pena que com a chuva várias partes da pousada estavam meio alagadas e tinha muitos mosquitos. Mas a estrutura da pousada é bacana, tem piscina com bar, uma área legal de praia, e os funcionários são bem solícitos. Só não curti tanto o café da manhã, depois dos da Amendoeira e da Caiuia, ficou difícil competir. rs

Ali em Tamandaré fomos à noite no restaurante Capim Bambu, muito gostoso! O pessoal é bastante atencioso e foi uma ótima experiência. Era um dos poucos lugares abertos à noite por lá, e foi um perrenguinho passar por umas ruas hiper alagadas – mas deu tudo certo.

Passeio de barco

Por milagre o penúltimo dia foi de sol e conseguimos fazer um passeio de barco pela praia de Carneiros. Pegamos um barco tipo traineira mesmo ali em frente à pousada e o rapaz levou a gente nos principais pontos: ver o manguezal, banho de argila, bancos de areia, piscina natural, e ainda paramos no restaurante Bora Bora para almoçar.

Praia dos Carneiros

Sobre os restaurantes/Beach Clubs: percebemos que é uma coisa comum lá nas praias da Costa dos Corais você só conseguir curtir a praia se estiver em um beach club/restaurante ou hotel/pousada. Não é igual as praias do Rio que a gente chega e coloca nossa cadeirinha e guarda-sol. Eles ainda cobram entrada, fora o que vai gastar pra comer e beber. Então esteja preparado!

Confesso que não curti muito essa ideia não, prefiro o que já tô acostumada. Eu gosto de ir à praia pra relaxar, e não ficar no badalo cheio de gente, comendo comida overpriced. rs Mas ok, foi uma experiência diferente.

A praia de Carneiros é super linda, a água estava belíssima. Conseguimos aproveitar pelo menos a parte da manhã (o tempo fechou às 14h e choveu de novo) antes de voltar pra Maceió no dia seguinte pra pegar o vôo. Ah, e uma dica pra quem quer comer o famoso bolo de rolo pernambucano! Indo embora passamos na Panificadora Cristal em Tamandaré, que vimos no Trip Advisor, e é realmente muito gostoso.

E essas foram as dicas da Costa dos Corais! Uma pena que a viagem foi muito prejudicada pela chuva, quem sabe um dia voltamos!

Me acompanhe no Instagram | Leia mais sobre VIAGEM

(Visited 41 times, 1 visits today)
Chanel e a Nouvelle Vague na Coleção Verão 2023 Unboxing Valentino: A Primavera Verão 2023 da marca Tendências da semana de moda de Milão Verão 2023 Chloé e sua Primavera Urbana de 2023 A Primavera descomplicada de Isabel Marant
Chanel e a Nouvelle Vague na Coleção Verão 2023 Unboxing Valentino: A Primavera Verão 2023 da marca Tendências da semana de moda de Milão Verão 2023 Chloé e sua Primavera Urbana de 2023 A Primavera descomplicada de Isabel Marant O desfile renascentista da Dior Primavera 2023 Tendências da semana de Moda de Londres Primavera 2023 Dolca&Gabbana x Kim Kardashian Primavera 2023 Max Mara Primavera Verão 2023 7 tendências de moda da NYFW SS23 A Urban Jungle de Michael Kors Spring 2023 Coleção Tory Burch Spring 2023 na NYFW Melhores looks do Emmy 2022 Desfile Carolina Herrera Spring 2023 Os looks monocromáticos da Rainha Elizabeth Inspire-se com looks do Rock in Rio Looks do red carpet do Festival de Veneza 2022 Beleza das celebridades no VMAs 2022 6 Dicas para fazer maquiagem natural Dermalogica: marca de skincare americana acaba de chegar ao Brasil