Moda

Festival NORDESTESSE chega a São Paulo com marcas nordestinas

Nesta terceira edição, o FESTIVAL NORDESTESSE será hospedado pela multimarcas Araras, no Shopping Iguatemi, conhecida por apoiar e fomentar o trabalho de designers independentes

Fundado pela ex-diretora da Vogue Daniela Falcão, o NORDESTESSE é uma plataforma que reúne criativos de 9 estados da região Nordeste. Ao todo, são 17 marcas de moda e uma de gastronomia desembarcando na capital paulista, contando suas histórias com o trabalho artesanal.

Fui convidada pela Agência Priscila Monteiro para conferir a curadoria, e já adianto que está incrível.

As marcas do Nordestesse

A seleção mescla nomes consagrados e com extrema força digital como a potiguar DEPEDRO (51,6 mil seguidores) e a pernambucana Dona Santa (70 mil seguidores), com seis estreantes que pela primeira vez apresentam suas coleções em São Paulo.

A maioria tem contato direto com artesãos locais de suas cidades, trazendo o crochê, as rendas como a de bilro (como na Catarina Mina), filé, patchwork (Adriana Meira), e tecidos como algodão orgânico, linho e poliamida sustentável (como a marca de beachwear Fave).

A Açude trabalha muito com linho e tem modelagens diferentes das roupas convencionais. É uma marca de Juazeiro do Norte, na Bahia, e se inspira muito na natureza local. Na última coleção, trouxe o coco de babaçu nas peças.

Adriana Meira é estilista, artista plástica e psicanalista, e cria designs com patchwork sob encomenda, entendendo a necessidade e personalidade do cliente.

A marca Catarina Mina trabalha bastante com crochê, palha, e começou produzindo bolsas. Hoje já exporta para fora do Brasil, levando suas cores e seu artesanato. Me chamou muita atenção o projeto de transparência dela, que foi pioneira em deixar claro quanto paga a cada artesã, iniciativa que rendeu o prêmio Vogue EcoEra em 2015 e, em 2016, o Brasil Design.

Danielle Porcino Studio é uma marca de joias autorais em prata. Suas peças  de formas orgânicas mesclam prata e  pedras naturais, e têm uma leveza e  desenhos que lembram as ondas e as dunas de Natal, onde ela cresceu.

DEPEDRO começou com moda masculina e flertou com agênero, e agora traz peças para o guarda-roupa feminino. As peças feitas de matéria  prima sustentável buscam inspiração no regionalismo,  exaltando técnicas tradicionais do sertão. A marca atua  gerando impacto social na região e tem como missão  humanizar a cadeia produtiva, formada por artesãos que trabalham do interior ao litoral.

Dona Santa é uma multimarcas de Recife com marca própria, que busca trazer peças versáteis para as mulheres. A cada  coleção a marca celebra uma das múltiplas faces da  cultura nordestina, caso de Lembranças do Sertão,  que traz referências da xilogravura e dos trajes do  cangaço, ou a Toda Menina Baiana, inspirada em  saveiros, cartões-postais antigos e na festa de Iemanjá.

Na Elipê Tapeçaria, o talento para a tapeçaria de Lu Pessoa de Queiroz vem  de família: a pernambucana cresceu cercada pelas tradicionais peças da Casa Caiada, fundada por sua avó em 1966 e hoje uma instituição pernambucana. Ao lançar sua  marca, Lu modernizou o legado da avó e criou séries de  quadros de temática poética e feminina.

Fave é uma marca de beachwear cearense atemporal e sustentável, que faz peças tanto para a praia quanto para a cidade. Usa poliamida biodegradável nos biquínis e maiôs, que possuem modelagens versáteis.

A Foz foi criada pelo alagoano Antônio Castro, que se inspira nos saberes artesanais ancestrais do estado, trazendo as narrativas das comunidades ribeirinhas e contando a história do seu povo. As peças possuem bordados delicados remetendo a essas comunidades, num trabalho muito bonito.

A marca Funlab surgiu como activewear e migrou para o athleisure, com peças casuais que você pode usar em qualquer lugar. As estampas fun são o ponto alto da marca, que trazem alegria instantânea para quem veste. Os best-sellers da marca são  as camisas com frases espirituosas como “Só corro  pela sobremesa”, ‘Linda e vacinada” ou “Desculpe o  que falei antes da ioga”.

George Azevedo é figura conhecida na moda do Rio  Grande do Norte por ter a maior agência de modelos local. Durante a pandemia, decidiu apostar no lado pintor, e passou a customizar peças em jeans e moda praia. Na marca ele faz upcycling usando peças que não passaram no controle de qualidade de lojas como Riachuelo por conta da lavagem do jeans, e customiza.

Kassuá é a única marca que representa a gastronomia, e reúne produtos de pequenos produtores da Paraíba. Queijo de cabra, Paçoca, Bolo de Rolo, Geleias… são muitas delícias vendidas no e-commerce para todo o país.

A marca pernambucana Oh!Laria se inspira na arte para criar estampas vibrantes. Um exemplo é a coleção “Olha pro céu, meu  amor”, lançada em junho passado, perto do São João, inspirada na xilogravura e na literatura de cordel.

Patú, lançada há menos de um ano, usa como norte criativo memórias da infância de Marina Fontanari em Senador Pompeu, no Sertão Central do Ceará. As peças são todas de linho ou algodão  sustentável, enfeitadas com bordados de corda ou contas de madeira.

Pops traz uma versão tropical da elegância despojada da parisiense. Trazendo looks que dificilmente irão sair de moda, a Pops aposta nas técnicas manuais como crochê para criar um closet urbano e contemporâneo.

A Prosa é uma marca de slow fashion com produção 100% nacional e estampas exclusivas desenvolvidas pela artista Carol Burgo. Na Prosa Carol cria aquilo que chama de estampas afetivas, um trabalho de arte e pintura que transborda do papel para o tecido.

A Santa Resistência foi forjada a partir da estética afro-brasileira, e adepta do slow fashion, com peças que permanecem mesmo após o lançamento de novas coleções. Desfilou no SPFW sua última coleção, com estampas que retratam o casario colonial, uma parte em homenagem ao candomblé e outra ao rio Paraguaçu.

Vivian Lazar começou a marca produzindo bolsas, cestos e objetos de crochê. Para a nova temporada de festivais NORDESTESSE, a novidade da vez é a linha de roupas, seguindo com afinco as técnicas tão bem executadas nas demais categorias da marca.

Datas do Festival NORDESTESSE em São Paulo

As marcas do festival NORDESTESSE ficarão expostas na multimarcas Araras, no piso térreo do Shopping Iguatemi, do dia 14 ao dia 24 de setembro. Vale a pena conferir!

Me acompanhe no Instagram | Leia mais sobre MODA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Valentino e sua “Club Couture” Viktor&Rolf e o surrealismo no baile da Alta Costura Zuhair Murad Couture Primavera 2023 A Alta Costura romântica e maximalista de Elie Saab Chanel Alta Costura Verão 23
Valentino e sua “Club Couture” Viktor&Rolf e o surrealismo no baile da Alta Costura Zuhair Murad Couture Primavera 2023 A Alta Costura romântica e maximalista de Elie Saab Chanel Alta Costura Verão 23 Armani Privé Alta Costura Verão 23 Coleção Giambattista Valli Couture: lúdica e volumosa Dior Alta Costura Verão 2023 A Alta Costura Dantesca de Schiaparelli A coleção Dior Men Inverno 2023 É babado! Inspire-se com a tendência dos babados Como cuidar da pele no Verão Critics Choice Awards 2023: a beleza das celebridades Looks das celebridades no Critics Choice Awards 2023 Balmain Pre-Fall 2023 A beleza das celebridades no Globo de Ouro 2023 Os looks do Globo de Ouro 2023 A collab Fendi x Tiffany & Co. Alerta tendência: como usar calça cargo Nova linha Solar Collection de Rose Inc